Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

www.inspiraturas.com - visite-nos, também, no facebook

2019

13 de dez de 2009

PALAVRA

Vi uma semente
morrendo

Vi uma manhã
em sol
brilhando

Vi uma dor
debatendo

Vi uma lua
se recolhendo

Vi e senti
Uma palavra

No peito
inquietante

Sem querer no papel
nascendo.


Ana Maria Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: