Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

14 de mar de 2010

Sarau

Poetas nascem
Poetas crescem
Uns desabrocham
Outros amadurecem
Poetas dormem
Poetas hibernam
Poetas desaparecem
E não deixam vestígios
Uns retraem-se
Outros abrem asas e crescem
Poetas sonham
Poetas despertam
Poetas olham-se no espelho
Uns buscam a santidade
Outros confessam que pecam
Poetas sofrem as dores do mundo
Uns revoltam-se
Outros se rendem
Todos querem ser compreendidos
Poetas compreendem
Poetas são comedidos
Poetas são escancarados
Uns sabem o que sentem
Outros estão desamparados
Há os poetas só de um dia
Há os poetas ilimitados
Mas a poesia...
Ah, caros poetas,
A poesia,
Esta sobrevive.

7 de mar de 2010

A Poesia e a Emoção

Que palavra expressará o brilho de amor no olhar?
Que verso preencherá o vazio da saudade?
Como descrever a imensa dor que sangra na alma?
Há poemas que nos chegam como sussurrados por anjos,
há poemas que nos vestem como terno de alfaiataria
e há aqueles que nos exorcizam
por dar a público os segredos das gavetas.
Mas quando as emoções aglomeradas sufocarem
prestes a romper os diques das conveniências
esperemos que uma nova aurora nos liberte
e sopre em letras a poeira acumulada
para então chorarmos sobre as águas derramadas.

Helenice Priedols

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...