Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Untitled-1
Despertar poesia - Inspiraturas
vivências de poesia para iniciantes e amadores
com ênfase na escritura de poemas
exercícios lúdicos e práticas de escrita criativa
subsídios teóricos para a produção de poemas autorais
incentivo à troca de experiências, impressões e sugestões
acompanhamento da produção e dos resultados
Às segundas-feiras, 19:30h até 22h na Casa do Poeta Inspiraturas - Pelotas RS
início em junho. Apenas oito vagas - 70$mês
www.inspiraturas.com
whatsapp 53991212552
oficinainspiraturas@gmail.com

24 de abr de 2010

Ar de lamentos

Eu a vi vestida de luto num vão escuro
Da sua face vertia silencioso pranto,
Refletindo seu infindável desencanto
A saudade é morte conhecida em plena vida...
Lembra cada carícia daquele amor impuro
Tão avassalador na hora da despedida,

O beijo da morte transformou seu amado
Em lembranças aspergidas pelos quatro ventos
Seus olhos são como milhares de tormentos
Envolta num ar de pesar apenas espera
O sutil som da morte vindo pelo prado
Agora é só uma flor murcha na primavera...

O céu é cinzas, o amor é remorso, puro ódio...
A pele é tal qual a bruma das manhãs de inverno
Fora é mansa, mas dentro é fervoroso inferno
Logo a morte parece ter um tom encantador
Já a vida se tornou imenso deserto vazio
O futuro se tornou pesadelo aterrador

O desespero é negra mortalha sobre o rosto
Seus sonhos são negros pássaros já sem asas
Agonizam num inferno de lamentos e brasas
Como uma chuva que lava, procela que arrasa
As chagas são curadas, adoçando o desgosto
Pouco a pouco se dissipando a negra fumaça...

Nenhum comentário:

Postar um comentário