Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Untitled-1
Despertar poesia - Inspiraturas
vivências de poesia para iniciantes e amadores
com ênfase na escritura de poemas
exercícios lúdicos e práticas de escrita criativa
subsídios teóricos para a produção de poemas autorais
incentivo à troca de experiências, impressões e sugestões
acompanhamento da produção e dos resultados
Às segundas-feiras, 19:30h até 22h na Casa do Poeta Inspiraturas - Pelotas RS
início em junho. Apenas oito vagas - 70$mês
www.inspiraturas.com
whatsapp 53991212552
oficinainspiraturas@gmail.com

6 de set de 2010

Coração pagão

Do que me vale esta vida misera
Se ela só me é tristes desventuras
Ser milionário eu jamais quisera
Jamais pedi tamanhas amarguras

Tenho em mim um coração pagão
E também um espírito indomável
Ora sendo luz, ora sendo escuridão
Sou apenas um sopro implacável

Varrendo as ruas num sopro demente
E minha fé anda por planos distantes
Faz tempo que minha alma anda ausente
Pela escuridão de mundos atemorizantes

Já não a sossego no céu e nem na terra
Meus dias são como uma espada cravada
Na alma causando uma dor que dilacera
Minhas esperanças reduzindo-as a nada.

Arrasa e não acaba, fere e não mata,
Deixado para padecer neste mundo
Um poeta romântico virou um vira-lata
Que vive a falar de um amor já moribundo

Que resiste apenas no seu pensamento
Quisera ascender em si à luz da vida
Que se ofuscara em dor e sofrimento
Vai pelas ruas como uma sombra esquecida...

Nenhum comentário:

Postar um comentário