Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Untitled-1
Despertar poesia - Inspiraturas
vivências de poesia para iniciantes e amadores
com ênfase na escritura de poemas
exercícios lúdicos e práticas de escrita criativa
subsídios teóricos para a produção de poemas autorais
incentivo à troca de experiências, impressões e sugestões
acompanhamento da produção e dos resultados
Às segundas-feiras, 19:30h até 22h na Casa do Poeta Inspiraturas - Pelotas RS
início em junho. Apenas oito vagas - 70$mês
www.inspiraturas.com
whatsapp 53991212552
oficinainspiraturas@gmail.com

16 de out de 2010

Amo-te sempre


Amo-te assim tão simplesmente,
Não sei nem onde, nem quando,
De repente amo-te devotamente
 Não sei por que, como ou quanto
Sei apenas que te amo subitamente...

Amo-te mesmo não querendo amar
Quanto mais fujo, mais perto te encontro
Amo-te e queria saber como explicar
Quando ando de ti e de mim distante
Alcança-te o meu mais puro pensar...

Mesmo se te amar seja só uma quimera
Mesmo assim te amaria sem dúvidas
Cantaria meu amor pela eterna primavera
Mesmo que te amar seja viver na solidão
Não hesitaria mesmo que fosse longa a espera

Amo-te mesmo quando penso que não amo,
Amo-te quando nego tua importância
E nas frias noites eu devotamente te chamo
Mesmo que nunca venha, te amarei na eternidade
Das lembranças que em versos eu declamo:

Amo-te sem sombra dúvidas e sem medo,
Não hesitaria mesmo se fosse árduo o seu pesar
Meus olhos já não comportam tal segredo,
Mesmo que não acredite, amo-te profundamente,
Amo-te de morrer, mas morro com o coração ledo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário