Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

26 de mar de 2011

2ª Oficina - 1ª Proposta - “A melhor idade” – entregar até 04 de junho de 2011

Sabendo envelhecer

O envelhecer deve ser visto como um processo contínuo de crescimento intelectual, emocional e psicológico. Deve ser o momento em que, ao se olhar o que foi vivido, nos permitamos sentir alegria pelo que foi conseguido, apesar de serem reconhecidos alguns fracassos e erros.

A velhice começa por volta dos 65 anos e se caracteriza por um declínio gradativo do funcionamento de todos os sistemas corporais. Entretanto, ao contrário do que muitos acreditam, a maioria das pessoas da terceira idade conservam um nível importante de suas capacidades cognitivas e psíquicas.

Embora em qualquer idade seja possível morrer, a velhice concentra um acúmulo de perdas. São amigos, familiares e colegas que se vão, além de ser necessário superar mudanças em vários setores como no trabalho e na saúde. Torna-se importante elaborar a proximidade da própria morte, pois quem não pode aceitar sua finitude ou se sente frustrado com o curso que sua vida tomou, será invadido pelo desespero de perceber que o tempo é muito breve para recomeçar uma nova vida.

Saber envelhecer não é fácil, principalmente numa sociedade que cultiva o novo, as cirurgias plásticas, o poder e a produtividade. Saber envelhecer é um aprendizado contínuo, é aceitar as novas limitações que o tempo traz, é não encarar a aposentadoria como um vazio, mas aprender a usar e desfrutar desse momento livre para buscar momentos de prazer. É renunciar a uma antiga posição de autoridade e aceitar que um estilo de vida produtiva se fecha para que outro tipo de vida apareça.

Quem se recusa a aceitar as mudanças que essa fase da vida traz, pode viver em um constante estresse e pessimismo perante a perda de prestígio e do poder aquisitivo, além de ter uma reduzida auto-estima.
Um envelhecer repleto de sentido é aquele momento no qual predominam uma atitude contemplativa, sem ser estática, e reflexiva. É o momento em que a pessoa se reconcilia com seus fracassos, erros e defeitos, aceitando a si mesmo e aprendendo a desfrutar dos prazeres que essa etapa possibilita.

Elisabeth Salgado
 

Fui princesa

Certa vez, eu fui princesa
quando tive a certeza
que a vida sorria para mim

Avancei o curso dos tempos
passaram as águas
limparam lamentos
inundaram as mágoas

Porém, não foi o meu fim

Decerto custou a delicadeza
bem, ser eterna princesa
é da existência querer demais

Hoje espero a paz
atracada num porto seguro
aprendi a ver no escuro
e não escutar os meus ais

Sempre serei a criança
não se perca de mim a graça
pois ela será a minha dança
enquanto essa vida passa.

Wasil Sacharuk
A proposta:
Escreva um poema acerca das belezas ou conflitos naturais pertinentes à melhor idade. Entregue o poema finalizado até o dia 04 de junho de 2011.
Boas inspirações!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...