Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Untitled-1
Despertar poesia - Inspiraturas
vivências de poesia para iniciantes e amadores
com ênfase na escritura de poemas
exercícios lúdicos e práticas de escrita criativa
subsídios teóricos para a produção de poemas autorais
incentivo à troca de experiências, impressões e sugestões
acompanhamento da produção e dos resultados
Às segundas-feiras, 19:30h até 22h na Casa do Poeta Inspiraturas - Pelotas RS
início em junho. Apenas oito vagas - 70$mês
www.inspiraturas.com
whatsapp 53991212552
oficinainspiraturas@gmail.com

17 de mar de 2011

A CURIOSIDADE MATOU O GATO – Fase inicial – 2ª Rodada

A CURIOSIDADE MATOU O GATO

Lá vai Denise pensativa rumo ao mar
Buscando na areia fofa uma resposta
Para a dúvida que sua alma arrosta
Pondo sombras de incerteza no olhar...

Envolta em seus devaneios ela tropeça
Numa caixa envolvida em lindo laço
E Denise demonstrando embaraço
Pergunta-se de onde veio essa peça

Está só na trilha,disto tem certeza
Só seus passos deixam ali pegadas
Erguendo a caixa meio assustada
Mas curiosa também com a surpresa

E lembra a velha lenda da caixa de Pandora
Da maldição contida, espectro do mal...
Com o coração aflito disparando seu sinal
Quer abrir a caixa, querendo ir embora.

Por fim, deixa a caixa e seu segredo
Conhece a mensagem do seu medo
Que aconselha cada coisa em seu lugar

Lá vai Denise pensativa rumo ao mar
Buscando na areia fofa nova resposta
Para outra dúvida que sua alma arrosta...

Autor 01: Vixe!Verso!

Um comentário:

  1. Como sugeriu a provocação, o poeta seguiu uma linha narrativa conduzida com criatividade e uso de um ótimo léxico. Os versos iniciais, retomados no fim da estrutura, garantiram um efeito magnífico de "instantâneo", como se toda a passagem das estrofes intermediárias se desse num "insight" da personagem.

    O título não fez uma boa conexão com o conteúdo. Há um senso de humor ou ironia no título que não encontra expressão no decorrer do poema. Decerto um título mais apropriado daria outra "atmosfera" ao poema, mais próxima da leitura que fiz.

    Poderia haver maior economia no uso de preposições e conjunções, pois isso asseguraria um ritmo ainda mais encantador.

    A despeito do título, é um poema espetacular, e espero que a nota quatro traduza a contento sua magnitude.

    Wasil Sacharuk

    ResponderExcluir