Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

9 de abr de 2011

MERGULHO NOS MARES DE EROS - fase final - 5ª Rodada

Mergulhos nos mares de eros

mergulho em teus lençóis
qual desbravador dos mares
buscando em tuas ondas
o revés de teus olhares

tateio tuas sombras
anca rota em labirintos
cravando em tuas coxas
meu linguajar mais sucinto

deslizo por tuas rugas,
riso róseo aureolar
anunciando o mergulho
nas profundezas de teu mar

teus gemidos no silêncio
inflamam a chama nascente
repousando em as tuas pernas
meu infinito poente.

Franklin Stingër

2 comentários:

  1. Gostei muito! MERGULHO NOS MARES.

    Naveguei nas palavras desse poema

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. O ritmo e a sonoridade são muito bons e garantiram o melhor aspecto do poema. Contudo, a abordagem me pareceu tanto lugar-comum, visto que o que chama mais a atenção é a forma.
    No penúltimo verso o em+as, preposição e artigo, talvez tenha sido uma tentativa de auferir um efeito de ambiguidade, mas não ficou legal.

    nota 3,5

    wasil sacharuk

    ResponderExcluir

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...