Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

9 de abr de 2011

QUANDO É BOM DEMAIS - fase final - 5ª Rodada

QUANDO É BOM DEMAIS

Há suavidade, há permissividade…
tateando por entre os desejos,
navegando nas ondas exógenas.

Lábios tocam e botam fogo
na carne, nos olhos, no fundo.

Há delírio, há delícia...
carícia que eleva o corpo,
a alma, o dia, o senso, o sexo.

Bocas e dentes, dedos e unhas,
mente e pele... sedução e manha.

Há um dentro, há outro fora...
quando é muito bom, não tem hora.


NENA SILVA

3 comentários:

  1. O poema é muito bom. Essa forma 3, 2, 3, 2, 2, vai orientando o leitor; as pausas foram muito bem usadas. Acho que faltou, no entanto, um tom mais incisivo para a proposta.

    nota 4

    Dhenova

    ResponderExcluir
  2. Um poema muito ingênuo para o mote.

    Palavras bem elaboradas mas, não me encantou.

    Lugar comum sem comprometimento ou envolvimento com o sexo oposto.

    Uma divagação erótica...

    ResponderExcluir
  3. Bem fluido. Combina nuanças literais com imagéticas. Por fim, um bom efeito. Muito bom

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...