Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

22 de mai de 2011

Eu sinto muito... compreendo pouco.


Esse espaço é diferente. Sinta-o e não compreenda-o. 

José Humberto Ribeiro está ao leme da (in)consciência e disse à NOP:

"Como sabes não sou poeta, mas tenho grande interesse 
naqueles sentidos e emoções difíceis de compreensão 
ou como se diz por aí pelo "fluxo de consciência" 
ou quem sabe pelo "fluxo de inconsciência". "

--------------------------------------------------------------------------------

Trata-se de uma proposta para extravasar o que se tem por dentro, tirando qualquer tipo de barreira ou mito sobre o que se passa conosco sem precisar ser totalmente cognitivo ou algo parecido. 
Então, se você é como eu, para quem muitas palavras ainda são pouco porque não é bom entendedor e sim um SENTIDOR, esteja aqui conosco e derrame a sua idéia. 

Nada é insano e despropositado, apenas os olhares são diferentes e talvez a estética. 
Assim é o nosso Universo, diverso...
Que venham os nefelibatas, os sons, as imagens, 
os golpes de vista, o estranhamento, os gostos........ 
as sinestesias....

Então estamos combinados: se for mergulhar, suba de vez em quando e nos conte como foi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...