Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Oficina de Escrita Literária Online – Poesia

Proposta lúdica voltada ao desenvolvimento e ao aprimoramento da composição poética. A oficina foi projetada para ser um meio de iniciação na produção literária.

DSCF7250
Exercício leve e agradável de interação e da liberdade de brincar com as letras;

Comentários, sugestões e críticas que focalizam os aspectos positivos e negativos da produção, consistindo numa avaliação personalizada;

Cinco desafios conceituais e criativos voltados ao desbloqueio da escrita e à iniciação na arte de escrever poemas;

A OFICINA DE POESIA ON LINE é coadjuvante do poeta no processo de ilustrar sentimentos, bem como desenvolvê-los e expressá-los numa estética bela e sensível.

15 de jun de 2011

2ª rodada - Resposta, bem posta de um início

Resposta, bem posta de um início

Tudo que te entrego, são bens invioláveis
Do mais puro e ininterrupto amor crescente

Tudo que te ofereço, oferto, lhe entrego assim
Puro, casto e desmedido... Refaço de um calor sem fim

Tudo! São nada perante e ante, tamanha ilíada
Na celeuma de teu gozo, que tanto gozo, morro!

No ato, recomponho, dou-lhe trato
Igual contrato, eu te concedo
O teu mancebo és o teu homem
Para todo o sempre

E o que me pedes
Já te entreguei
Dei-lhe momento, vida, céu, vento e mar
Dei-lhe essência, amor, eternidade, suor e ar
Nada mais do que respostas, bem postas
Somente amar!

Se, merece, ou paga o preço
Vou confessar
Unicamente a desmereço
Por te cobrar!

Maquiavel

4 comentários:

  1. Comentário: O poema me agradou na sua essência.É intenso e envolvente, além de gostoso de ler.

    Possui belas palavras que remetem a imagens interessantes e um título que enfatiza uma proposta que está sendo aceita.

    Mas,(desculpe aqui a velha professora) tanta beleza fica comprometida, entre outros, pelos erros de concordância; senti que o autor não conseguiu se decidir se usaria a segunda ou a terceira pessoa... Há a mistura de tu e lhe que acabam desvalorizando o belo poema .

    Sugiro uma melhor revisão nos próximos trabalhos.

    Minha nota é 3,5

    Marisa Schmidt

    ResponderExcluir
  2. Nossa!

    Quando eu crescer quero escrever assim!

    Sem comentários é meu preferido até agora.

    ADOREI!

    Parabéns

    Regina cnl

    ResponderExcluir
  3. Maquiável, gostei deste tom arrastado, intimista do teu poema, mas percebo que faltaram imagens, prejudicando o alcance do tema. Há também, apesar da escolha de belas palavras que emocionam, alguns problemas sérios quanto à pontuação, e também quanto à pessoa do discurso. Com uma boa revisada, ficaria perfeito. Nota: 2,0.

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante da proposta apresentada pelo autor, pautada num ritmo muito bom e estética aprazível.
    O apelo ficou mais emocional do que imagético.
    Há certa confusão entre as pessoas do discurso que tornaram alguns versos desconectados. Um bom domínio da sintaxe é essencial ao desenvolvimento da poesia e do poeta.
    Nota 2,5

    wasil sacharuk

    ResponderExcluir