Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

www.inspiraturas.com - visite-nos, também, no facebook

2019

28 de jul de 2011

Ao fim

Assim eu vou pela vida
Em fragmentos no tempo
Como se me dispersasse
Pelas manhãs chuvosas
Pela bruma primaveril...

Assim transcorre a vida
Como um rio seguindo
Sempre o mesmo rumo
Se finda em meio ao vão
Como se delineia a morte
                        
Ao olhar para imensidão
Ver o doce céu estrelado
E saber que tudo retorna
A ser mera poeira cósmica
Derramada pelo universo

Assim é a vida, estranha
Que em plena ascensão
Ascende-se para a morte
E atinge toda a plenitude
Num esterno sopro esmo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: