Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

28 de jul de 2011

Não só a ti ó sol!

Não só de tua luz
Ó sol eu necessito
Mas preciso também
Da tua ausência
Para ver a noite
E seus mistérios
Envolta em brumas
E cheia de magia...

Não queiras só pra ti
Ó sol todo o tempo...
Teus raios calorosos
Não só a eles eu desejo
Mas também adoro
O frio das madrugadas
E seus ventos temerosos
Desafiando minha alma...

Então ó sol, te compete
Apenas brilhar ao dia,
Não são tuas as noites,
E não está ao teu jugo
A escuridão, pois dela
Necessitam as estrelas
Para brilhar no céu
Formosas e imponentes...
Não te apresses
Logo há de chegar
A formosa aurora
Trazendo tua luz
Que flama e inflama
Abranda e aquece,
Que queima e seca
Sem pena alguma...

Ó imperador da vida!
Não que te menospreze,
E nem me condene
Se a metade de mim
Clama a escuridão
E frio das noites
Tua luz em demasia
Fere, condena e mata!...

Portanto contenta-te
Apenas com o tempo
Que é teu por direito
Deixe a noite me guiar
Com suas brumas
Doces e misteriosas
Envolvem-me na frieza
Da sua sutil doçura...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...