Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

www.inspiraturas.com - visite-nos, também, no facebook

2019

28 de jul de 2011

Passageiro

Como um rio que passa
Passastes e tornastes
Um grandioso oceano
Agora tu és tão somente
Um crepúsculo no horizonte...

Vem a chuva e com ela
Relâmpagos de saudade
Com um feroz estrondo
E volta a ser silêncio
Uma lembrança remota,

Tu nada mais és além
De uma lembrança fugaz
Condenada a fenecer
Tu és vento e passastes
Como uma tempestade

E sem deixar vestígio
Assim como a aurora
Envolveu-se em brumas
Dissipou-se pelos ares
E assim se perdera
Para todo o sempre...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: