Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Oficina de Escrita Literária Online – Poesia

Proposta lúdica voltada ao desenvolvimento e ao aprimoramento da composição poética. A oficina foi projetada para ser um meio de iniciação na produção literária.

DSCF7250
Exercício leve e agradável de interação e da liberdade de brincar com as letras;

Comentários, sugestões e críticas que focalizam os aspectos positivos e negativos da produção, consistindo numa avaliação personalizada;

Cinco desafios conceituais e criativos voltados ao desbloqueio da escrita e à iniciação na arte de escrever poemas;

A OFICINA DE POESIA ON LINE é coadjuvante do poeta no processo de ilustrar sentimentos, bem como desenvolvê-los e expressá-los numa estética bela e sensível.

16 de out de 2011

3ªOficina - 2ªrodada - Aqui é inverno


Aqui é inverno

Eu te falei
que não era flor
meu amor
lembra?

Eu disse
esquece
meu perfume
de tóxico odor

Eu pedi
não te aproxima
pois minha sina
é a dor

Mas, que jeito,
você teima
e queima
por mim

Você vai pro inferno,
meu bem,
mas eu avisei,
sou inverno, sou inverno...

Poema Paixão

3 comentários:

  1. A sonoridade ficou muito boa, parece uma canção (só falta um refrão), no entanto, não gostei das rimas óbvias. Inverno/inferno estão em diferentes campos semânticos, logo, pareceu forçar a rima. A trilogia amor/flor/dor ainda fica bem nas canções ou quando ficam bem apropriados semanticamente.
    Achei o poema tanto descomprometido.

    Nota 3,00

    Wasil Sacharuk

    ResponderExcluir
  2. "Se você usa coisas de tu, tu vais se aborrecer"
    Aprendi isto na época do cursinho pré-vestibular(já faz tempo! srrs)e agora, repasso diante do poema "Aqui é inverno". Veja do que falo:

    "Eu te falei...
    ...não te aproxima... nas primeiras estrofes e, no fim do poema

    "você teima...
    ...Você vai pro inferno...

    Percebe: os recursos dos pronomes distoam-se da personagem de referência.

    No restante, apesar das rimas batidas, o poema é bem musical.

    nota 2,5

    Rogéri Germani

    ResponderExcluir
  3. Digo que o autor se apega e permanece num divagar, sem o devido cuidado. Seu objetivo, nos mostra relações entre palavras, com finalidade apenas rimar, do começo ao fim.

    Nota: 3,0

    ResponderExcluir