Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Untitled-1
Despertar poesia - Inspiraturas
vivências de poesia para iniciantes e amadores
com ênfase na escritura de poemas
exercícios lúdicos e práticas de escrita criativa
subsídios teóricos para a produção de poemas autorais
incentivo à troca de experiências, impressões e sugestões
acompanhamento da produção e dos resultados
Às segundas-feiras, 19:30h até 22h na Casa do Poeta Inspiraturas - Pelotas RS
início em junho. Apenas oito vagas - 70$mês
www.inspiraturas.com
whatsapp 53991212552
oficinainspiraturas@gmail.com

16 de out de 2011

3ªOficina - 2ªrodada - Do Desafio de Ser


DO DESAFIO DE SER

Quero a lua enquadrada
na minha sala
te ter no campo de visão
quero a chuva em risco
pisar firme no chão

Quero a busca solta
na minha cama
te ter abstrata
quero a alma afinada
notas altas em dó

Quero a sensação única
na minha vida
te ter como estrela
quero a trilha verde
som rasgado de folhas...

Quero a loucura sã
na minha verdade
ser mais do que ter
encontrar a passagem.

PENÉLOPE DE ÍTACA

3 comentários:

  1. O poema assegurou a proposta de escrever em solilóquio com bom domínio. As imagens ficaram muito bonitas e o ritmo é bem marcado e agradável.
    O título ficou atraente.

    Não gostei das repetições de "te ter". As duas palavras juntas formam uma aliteração tanto cacofônica que prejudica a musicalidade

    Nota 4,2

    Wasil Sacharuk

    ResponderExcluir
  2. Visão ampla com muita beleza prometedora inicial.
    Os dois últimos versos na terceira estrofe, foge o rtimo da idéia onde se perde,

    nota: 4,0

    ResponderExcluir
  3. O encadeamento das idéias apresentadas no poema "Do Desafio de Ser" demonstra que o poeta garantiu-se nas trilhas do solilóquio.

    Porém, como a trama apresentada nos íntimos pensamentos do eu-lírico busca algo mais

    "...Quero a loucura sã...
    encontrar a passagem..."

    deixou no ar uma expectativa frustante, já que não surgiram elementos ou imagens que comprovassem esta procura intensa e livre( afinal,a imagética da mente é ilimitada!)

    nota 3,5

    Rogério Germani

    ResponderExcluir