Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

23 de out de 2011

3ªOficina - 3ªrodada - Desrespeito


DESRESPEITO

Chuva forte,
Madrugada.
Falta sorte.
Enxurrada.
O governo
Nada vê.
E deixou acontecer.
Tanta gente
Ameaçada,
Uma vida
Desgraçada.
Só há medo
No  lugar.
Nuvem escura
A sombrear.
Esta noite
Não  acaba
E o governo
Nada sabe.
Tantas vidas
Decepadas.
Tem família
Desabrigada.
E o governo
A  lamentar
A tragédia do lugar.

Sol Poente

4 comentários:

  1. Há uma certa incongruência no poema "Desrespeito" quanto ao título em relação à explanação da idéia.
    As estrofes seguem fortes,ritmadas, como verdadeira enxurrada levando tudo o que encontram pela frente; ficou agradável de ler.
    Mas, em nenhum momento do poema- diria até da própria realidade- existe uma prova cabal da responsabilidade do governo sobre a força das águas. Penso que todos, inclusive o povo que vive a jogar lixo nas ruas, a devastar as matas ciliares também possuem sua parcela de culpa.

    Ao analisar os trechos:

    "O governo
    Nada vê...

    E o governo
    Nada sabe...


    E o governo
    A lamentar
    A tragédia do lugar."

    no contexto do poema, são apenas vozes do descaso.

    nota: 3,5

    Rogério Germani

    ResponderExcluir
  2. Idéia promete, porém se perde o autor na sonoridade e nas rimas,sendo que esta segunda foi seu apego maior, tambem seu vacilo.

    Nota: 3,5

    ResponderExcluir
  3. Os versos curtos são um convite para uma leitura fácil e ritmada, no entanto, o poema pairou superficialmente sobre o tema.

    O poema me pareceu mais focado na estética do que no conteúdo, que pedia uma abordagem mas crítica ou formadora de opinião. Alguns versos ficaram mais comprometidos com a rima do que com o fechamento da ideia.

    Nos poemas de cunho argumentativo é sempre uma boa medida encontrar, primeiramente, a "sacada", o chasque, um mote original, para somente depois dar o toque de midas na estética.

    Nota 3,5

    Wasil Sacharuk

    ResponderExcluir
  4. Considerações:
    “Desrespeito”, a meu ver, é mais um texto reacionário em prosa que um poema social, uma reclamação cidadã, eu diria. No entanto, a iniciativa de criação é sempre louvável, pois, somente um passo após o outro, sem desistência, é que nos faz paulatinamente vencer todos os degraus para alcançar o topo da escada.
    Nota: 2,2

    Mailton Rangel

    ResponderExcluir

Oficina de Escrita Literária Online – Poesia

Oficina de Escrita Literária Online – Poesia INSPIRATURAS - Escrita Criativa - oferece aos interessados na produção de poemas uma oficina q...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...