Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

30 de jan de 2012



QUANDO CAIU A FICHA


Encontrei no patamar da minha vida

Uma janela fechada.

Uma sucessão de estradas

Sem saídas

Um jarro sem água

sem flores...

café

fraco

sem açúcar

Estou do outro

lado

do rio

sem ponte

sem fio

para

desprender-me

da falta dele

em tudo .


Ana Maria Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: