Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

4 de fev de 2012

POR QUE NÃO CHAMAS


POR QUE NÃO CHAMAS


Por que não chamas
Quem tanto te inflama

Assim passa nosso
Tormento levemente

Enquanto imaginamos
Sentir o que não sentimos
Forjando sentimentos
Que não temos pra fugir

Da realidade que ruge
Como um trovão à noite
Entre os lábios silentes

Pensar me dói, pensar em ti
Dói-me mais, muito mais...

Suavemente vivemos
O que pensamos ser
Sutilmente distorcemos
O que não podemos ver,

Apenas para crer
Que a realidade
Não é nem a sombra
Do que possa parecer...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: