Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

4 de fev de 2012

QUEM PODERÁ SABER


QUEM PODERÁ SABER


Quem poderá saber
Ao certo o movimento
Desta vida incerta
Que se movimenta
Inventa e reinventa

Numa busca eterna
Uma direção interna
Para uma vida sem seta

E o destino são escolhas
Individuais ou coletivas
O acaso esculpido
Numa percepção

E o tempo
É apenas a impressão
Uma sensação
Desenhada
Na busca de uma
Explicação concreta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: