Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

21 de jun de 2013

Quisera eu nas andanças

Quisera eu nas andanças de meus dias
encontrar resquícios de um deus em cada ato,
ou ter a sombra de qualquer outro sinal divino.

Desde os mais antigos deuses enterrados
ao  tal deus único e do tal filho deus sofrido,
desde as religiões cultas ou ocultas, resolutas,
não há sequer sombra de alguma divindade.

Quisera eu ver no vento mais que o vento,
ou na chuva qualquer coisa além da chuva,
das manhãs de sol além de sua esma luz,
e de que o viver seja além de viver somente.

Quisera eu ver a sombra do(s) deus(es) no mundo,
ou encontrar um resquício sequer deles em mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: