Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

3 de out de 2013

Perdi meu lápis cor-de-rosa, as letras passaram de azuis para amarronzadas, respingou gotas do preto dos teus olhos, escorreram num craque lê esverdeado e do deserto estampado na folha rabiscou-se uma paisagem fraterna, perto do nascer do Sol... Um crepúsculo da alma minha!

Bia Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: