Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

28 de nov de 2013

CONTRASTES...

São os maus bofes da noite
que destacam as alegorias
do que ignoramos as faces
no tropel das vãs correrias

Os mendigos esfarrapados
os cães famintos ao relento
se nos mostram enregelados
no sórdido cantar dos ventos

São os mágicos clarões da lua
que tornam o negror mais claro
namorados se beijam na rua
sob um céu de veludo tão raro

Os gatos passeiam no telhado
como se fossem o pensamento
das flores no jardim sombreado
onde caracóis aspiram o momento

O dia, a noite, os pobres humanos
se ajeitam como podem ao destino
tentando encaixar nos seus planos
os contrastes de um mundo supino

Marisa Schmidt
Curtir ·  · Promover · 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: