Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

11 de nov de 2013

CONVERSA DE P... VELHA

CONVERSA DE P... VELHA

Eu era tão boa nisso!
fazia tudo no capricho
com muito arrojo e graça
-Fui famosa nessa praça...

Mas era profissional!
Que acho fundamental
Ter em mente objetivo
-Cliente não é marido...

Bonita e bem ajeitada
Era a mais requisitada
Por doutor e fazendeiro
-Tudo gente de dinheiro...

Fiz da profissão minha arte
A melhor, modéstia a parte,
Criativa e bem disposta
-A gente faz bem o que gosta...

Mas o tempo muda a gente
Fui cansando de ter cliente
Me aposentei em boa hora
-Ficou difícil o trabalho agora...

É enorme a concorrência
Não se exige experiência
Qualquer um faz o serviço
-Mal feito e sem capricho...

E é tanta a tal modernidade!
Gay,bi, trans, uma variedade
Que um homem necessitado
-Ou faz curso, ou vai enganado...

Marisa Schmidt

Um comentário:

  1. Um cordel moderno que só poderia ter nascido de uma poetisa que deixa transparecer a realidade de seu tempo.
    Parabéns de fã e amigo, Marisa.
    Bjos n'alma.

    ResponderExcluir

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: