Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

Oficina de Escrita Literária - POESIA - on line

Oficina de Escrita Literária Online – Poesia

Proposta lúdica voltada ao desenvolvimento e ao aprimoramento da composição poética. A oficina foi projetada para ser um meio de iniciação na produção literária.

DSCF7250
Exercício leve e agradável de interação e da liberdade de brincar com as letras;

Comentários, sugestões e críticas que focalizam os aspectos positivos e negativos da produção, consistindo numa avaliação personalizada;

Cinco desafios conceituais e criativos voltados ao desbloqueio da escrita e à iniciação na arte de escrever poemas;

A OFICINA DE POESIA ON LINE é coadjuvante do poeta no processo de ilustrar sentimentos, bem como desenvolvê-los e expressá-los numa estética bela e sensível.

16 de nov de 2013

De um dia pro outro. Em ambos pensando em siris...



 .Noite.

 Ouvi a voz do Mar
 Sabia que estava atrás de mim a me chamar, atendi
 Ultrapassei as pedras, barreiras novas
 Andei na areia da praia
 Mergulhei meus pés nas ondas
 Amaciei montes de terra q firmavam pequenas piscinas
 Azulei em estrelas
 Vi o mar refletindo a Lua
 Pensei em siris
 Acho q rezei também
 Contei ao Sr. Mar meus segredos
 Desfiz meus castelos sombrios
 Voltei pra orla calçando estrelas-marinhas
 Com frio de saudade
 Totalmente suja de esperanças

 ...

 .Dia.

 O Mar novamente me chamou
 Saí cedo dos sonhos
 Sábado de novembro
 Quente
 Cheguei
 A maresia já me embriagava pela Rua dos Navegantes
 Naveguei até o pé das ondas
 Para as ondas banharem meus pés
 Sentei
 Despi
 Esverdeei
 Ali
 Procurei siris
 (tô vidrada neles)
 As notícias nublaram a desesperança. Enfim!
 Depois um livro.
 Um conto.
 Esqueci meus versos sentidos.
 De novo
 água nos pés
 Logo uns passos pela orla
 Até as flores
 Ah se flores sempre possível assim!
 Voltei perfumada de mar
 Enfeitada de cores
 Desejando vasos, copos, garrafas e até papel
 Só para abraçar a delicadeza de um dia novo,
 Da sublime vontade de ter feito diferente
 Sorvendo somente:
 Uma manhã feliz!!



Bia Cunha 

Nenhum comentário:

Postar um comentário