Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

5 de dez de 2013

Uma sombra na parede

arte de Kumi Yamashita

das histórias que nunca contaremos
das sombras na parede
que aparecem e desaparecem
sem deixar vestígios
e nunca nos afastaremos
do medo da dor
que nunca renegaremos
dos cadáveres inevitáveis
que nunca enterraremos
da luz que incide em nós
e nunca aceitaremos
virá um dia
em que a água cobrirá tudo
e submersos na noite vazia
nem sombra nem dor nem medo nem luz
intoxicados pela mais pura verdade
para sempre dormiremos

Helenice Priedols



Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: