Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

24 de mai de 2014

Faces do Amor e da Dor 85


 
LXXXV

 

 

Nua, como plácida seda tecida,

fruta formosa de sabor divino,

doce lua prateada, sol vespertino,

simples, lisa, doce maçã mordida.

 

Nua, folha de loro, pimenta ardida,

o mel dos deuses, lírio cristalino.

és canção carnal, corpo de violino,

águas de verão, flor sempre atrevida.

 

Nua, como amanhecer na primavera,

jardim de vênus num vale dourado,

onde a paixão cai como calda quente.

 

Nua, como voraz luar incandescente,

mulher-menina, nuvem de quimera

que flama na clama do afago alado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...