Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

8 de jun de 2014

FACES DO AMOR E DA DOR 87


LXXXVII

 

 

Dê-me a fragrância dos lábios molhados

como ágata elevada à luz da lua.

Calma como a mão tece a pele nua

contornando sutis jardins alados

 

Maçã carnal, senhora dos pecados.

Nos teus olhos de safira azul pactua

na alínea vespertina com a falua

beija o rio com toques adocicados.

 

Como longo suspiro pela noite

que jaz na dança de uma flor alada

deixada no silêncio de um segundo.

 

Se a noite a saudade cai como açoite,

como o mar faz da praia sua fiel morada

teu beijo é morar num jardim fecundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...