Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

11 de jun de 2015

Gravidade

Em meus sonhos
não há gravidade
Os braços seculares
nada agarram,
nada erguem
e nada afagam
Condenados
à eterna imobilidade
Diante
a magnânima alquimia
nada podem
e atrofiam
Se tornam

apenas vontade


Tim Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: