Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

21 de out de 2015

A batalha silente de Márcia Poesia de Sá



A batalha silente

E as cobras armaram-se para o bote !
Ampliando guelras imaginarias
descem os abismos ingrimes
rastejando suas pequenices
por entre pedregulhos transparentes

Os pontos de fogueiras acesas
em labaredas gritantes
azulam e avermelham
os olhos já não mais faiscantes

Sopra no vento as vicissitudes
e vestem um manto de voal azul...
englobam sonhos rasurados
prostrado no canto, o uivo rouco
do tempo já totalmente empoeirado...

Telhas revoam caminhos
papiros são apagados,
como por encanto !
alados cavalos bailarinos
cantam os sons espelhados
entre dentes branquíssimos

Nos caminhos tortuosos
que cortam sorrateiros
os veio da mata,
notas de uma fragrância exótica
denotam a passagem da magia
há poucos minutos de agora

Trancafio as porteiras abissais
com cadeados sem chaves e sem brilho
amarrado a eles, as folhas das heras
enquanto o frio agiganta-se
na alma fluida do tempo perdido.

Márcia Poesia de Sá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...