Oficina de escrita literária Inspiraturas, em Pelotas

Oficina de escrita literária Inspiraturas - o fim da página em branco - A ti, que ainda acreditas na escrita, em especial a Poesia, como ...

22 de mai de 2017

Declamação de poemas

clip_image002DECLAMAÇÃO DE POEMAS - O declamador deve compreender perfeitamente o que está dizendo, isto é conhecer o poema, saber o que significa cada termo do poema, bem como sua correta pronúncia. Também dever entender a pontuação, para poder fazer as pausas adequadamente. É comum ver-se um declamador recitando um poema verso a verso, quebrando o sentido da frase, ou da expressão. A mensagem deve ser interiorizada em sua alma. É impossível transmitir com verdade algo que você não acredita. Como falar ao outro se você mesmo não se convenceu daquela mensagem? Não tente escolher um poema famoso ou sério caso você não goste dele; qualquer tipo de poesia pode ser interpretado.

MEMORIZAÇÃO - Memorizar um poema, não é apenas decorar os seus termos. È recomendável que a memorização ocorra simultaneamente com a interpretação.

POSTURA CÊNICA, INTERPRETAÇÃO E VOZ - Os gestos não devem ser muitos, nem exagerados, devendo ser coerentes.

Uma declamação simples não consiste em ler em voz alta um poema somente, a graciosidade está na adoção de uma voz dramática para o texto assim como expressões faciais e gestos coerentes que são muito bem-vindos. É possível ler o verso e declamar parte dele olhando para a assistência quando parte dele foi decorada. Recitar um poema decorado sem expressão nenhuma é o mesmo que fazer uma leitura ruim. Importa é que, decorando, pode-se utilizar uma postura mais expressiva.

A prática de bater os pés nas sílabas fortes é muito criativa, didática e em excelente caimento para todos os tipos citados acima. Ela tem origem nos poetas antigos que seguiam o sistema greco-latino de metrificação denominado pé justamente por esta razão.

Necessariamente haverão de ser indicados o nome de seu autor e o título do poema , antes de iniciar a declamação.

Tome notas diretamente sobre o poema escrito para marcar a sua forma de lê-lo. Faça notas diretamente sobre ele para dizer a si mesmo quando pausar, retardar o ritmo, gesticular ou alterar o seu tom de voz "marcando o poema". Você pode ter que experimentar com diversos estilos diferentes antes de encontrar algo de que goste. Indague-se quanto ao que pode soar melhor, leia desse modo em voz alta e descubra se você está certo.

Pense quanto ao que combina com o poema. Um poema dramático pode ser interpretado com grandes gestos e extremas mudanças na expressão facial. Um poema referente à visão sossegada de uma colina deve ser lido lentamente e com voz calma e tranquila.

Pratique ler o poema mais lentamente do que o pretendido. Quando você está à frente de uma multidão, é fácil permitir que o nervosismo e a adrenalina lhe apressem. Mesmo no caso de um poema que deve ser lido rapidamente, pratique começar lentamente e acelerar à medida que ele se faz mais empolgante ou tenso. Pause onde for natural, de modo que a interpretação pareça mais fluída. A pontuação deve ser lida e interpretada.

Concentre-se nas palavras mais do que na atuação. Mesmo um poema dramático deve se tratar primariamente do próprio poema, e não dos gestos e das vozes produzidos. Você pode ser mais exagerado do que na vida normal e cotidiana, caso creia ser mais adequado ao estilo do poema, mas não distraia às pessoas do significado real das palavras.

Tente falar cada palavra claramente. Não "engula" o final da sentença, deixando-a pouco clara ou silenciosa.

Se você não está certo quanto a quais gestos são apropriados, mantenha os cotovelos soltos ao lado do corpo e coloque uma mão sobre a outra, à sua frente. A partir dessa posição, você pode fazer pequenos gestos que pareçam naturais, ou manter-se imóvel, mesmo que sem rigidez.

Praticar frente a um espelho é uma ótima forma de conseguir uma ideia a partir da perspectiva da audiência. Você pode também gravar um vídeo de sua interpretação e assisti-lo posteriormente para conseguir ideias quanto ao que parece natural e ao que funciona ou não.

Respire fundo diversas vezes antes da interpretação. Isso melhorará o seu som e também acalmará o nervosismo.

Mantenha uma boa postura. Além de lhe fazer parecer confiante e preparado frente à audiência, manter-se com as costas eretas lhe ajudará a falar alta e claramente, de modo que todos lhe escutem.

Faça contato visual com a audiência. Enquanto você interpreta, deve estar olhando diretamente rumo aos olhos dos membros da plateia. Mova-se entre eles com frequência.

Faça com que a sua voz transporte toda a audiência. Há formas de fazer a sua voz soar mais alto e claramente sem gritar. Mantenha o queixo levemente elevado, os ombros para trás e as costas eretas. Tente falar a partir da parte baixa do peito, e não a partir da boca e da garganta.

Pronunciar cada palavra distintamente também ajudará a sua audiência a lhe entender.

Traga um copo de água para o palco, a fim de refrescar a voz se a interpretação durar por mais de um ou dois minutos.

 

Fonte: http://pt.wikihow.com/Interpretar-um-Poema

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...