Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

www.inspiraturas.com - visite-nos, também, no facebook

2019

26 de jul de 2009

Eu


Eu , nasci Ana

Sou cheia de graça

Gosto da vida , animais , sou bacana

Às vezes sou um pouco criança


O tempo não me assusta

Meu viver se banha na intuição

Não tenho medo da labuta

Realizo meu trabalho com emoção


Nada me abala , tenho fé e segurança

Gosto de mar , natureza ,uma boa amizade

Meu defeito é prescrever desconfiança


Só o amor me leva a loucura de verdade

Meu coração tem raízes de cumplicidade

Tão frágil e sensível , pareço uma criança




Ana Maria Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: