Queremos o fim da página em branco. No projeto Inspiraturas, exploramos estímulos muito diversificados que têm no grupo a base fundamental. Daí, podemos treinar e desenvolver uma escrita mais sensível, espontânea e livre. Uma forma lúdica de derramar as palavras ainda não escritas.

www.inspiraturas.com - visite-nos, também, no facebook

2019

16 de ago de 2011

Não há tempo


Não há tempo


Não há tempo Cristina
Para tamanho flerte,
Para tanto desencontro

Senta-te e olhe o sol
Observe quão rápido
Passam nossos os dias

Veja uma bela flor
Quando é colhida
Rápida ela murcha

Todas as horas
Que perdemos
As que calamos

Que assim saibamos
Decorar nossa vida
E apreciar o tempo...


JSB – poeta do acaso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

encontre a Casa do poeta Inspiraturas: